O que chamamos de castanha de caju é, na verdade, a semente da fruta. Os benefícios da castanha do caju são muitos! Rico em antioxidantes, Selênio, Zinco, é rica em proantocianidinas (uma classe de flavonóides que previne câncer), fonte de “gordura do bem” que ajuda a manter o coração mais saudável, controlando o “colesterol ruim”, e contém Cobre, que ajuda na formação do colágeno da pele, a deixando mais firme e reluzente. E o Cobre, juntamente com o Magnésio presente também nessa delícia, ajuda na saúde dos ossos e dentes. Porém, você sabe que a castanha que a maioria de vocês consomem contém óleo de adição,para dar aquela corzinha dourada tão linda. Bem, o problema nem está no processo, mas sim, a qualidade do óleo utilizado, que muitas vezes, não sabemos a procedência. E alguns vendidos em pacotinho você encontra a temível Gordura Vegetal Hidrogenada (trans). Aconselho os clientes a comprarem as cruas, e a torrarem em casa. E em breve darei uma fica de preparo deliciosa e cheia de especiarias, ótimo pra incluir no mix de castanhas diário! Não é tão fácil de encontrar, mas geralmente em boas casas de produtos naturais ou árabes vc acaba achando a granel.
Usando a maionese de soja (a venda em lojas de produtos naturais e em supermercados), ajuda a dar consistência ao creme, ideal para recheio de panquecas e crepes. Caso não seja vegano, troque por cream cheese light, na mesma proporção indicada na receita.
Variando o recheio de sua panqueca ou crepe de forma prática e saborosa.
Leve e prático, você pode trocas as castanhas por nozes. Sirva com palitos de legumes também e sirva como entradinha.