Nutrição e Insônia

30 Jun 2010

Passamos cerca de 1/3 de nossas vidas dormindo, e sabemos que preocupações, estresse, ansiedade, medicações e patologias podem influenciar bastante a qualidade do sono.

A insônia é caracterizada por uma dificuldade de iniciar o sono, mantê-lo continuamente durante a noite ou despertar antes do horário desejado. É mais comum entre as mulheres, em indivíduos conjugalmente separados e nos desempregados. E entre os que se encontram empregados, os indivíduos que trabalham em turnos ou se envolvem intensamente com o trabalho tendem a ter mais insônia.

A nutrição pode ajudar bastante no tratamento, ajudando no controle do estresse, na perda de peso (sabe-se que indivíduos obesos são mais propensos a roncar e a desenvolver apnéia, um distúrbio de sono), reduzindo alimentos estimulantes e introduzindo chás com efeitos calmantes (como os à base de camomila, melissa, etc), tintura (extrato hidroalcoólico de ervas, feito em farmácias de manipulação) e até aminoácidos, como L-triptofano e L-taurina.

Os suplementos nutricionais prescritos por um nutricionista podem promover benefícios também como tratamento das desordens decorrentes dessa insônia, como cansaço, irritabilidade e mais ansiedade.

Vale lembrar que o tratamento da insônia é multiprofissional!

Procure ajuda, busque mais qualidade de vida e tenha bons sonhos!

Consulte sempre seu Nutricionista!

Comentários

Ainda não há comentários.

O envio de comentários está fechado.