Pipoca pode fazer parte de uma dieta saudável?

28 Fev 2013

Trabalhos mostram que a pipoca reúne muitos antioxidantes, assim como as frutas e verduras, e pode ser uma aliada na guerra contra os radicais livres, aquelas moléculas instáveis e perigosas que atacam as células e provocam desastres que vão de envelhecimento precoce à câncer. E por ser rica em fibras pode ajudar a saciar a fome, e fazer parte de uma dieta saudável sim!

Claro que a pipoca não deve entrar como substituição de suas porções de frutas e verduras, mas pode ajudar a manter a saúde em dia.

As substâncias protetoras da saúde estão na casca, aquela capa que, além de grudar nos dentes (rs), é rica em fibras, o que ajuda a saciar a fome e a manter o intestino em dia, claro, se você garantir boa ingestão de líquidos, claro.

A pipoca tem uma substância chamada ácido ferúlico, que é também encontrada em feijões, arroz, milho e outros grãos, e possui muitos benefícios contra câncer, diabetes, e previne doenças cardiovasculares e neuro-degenerativas como câncer, por sua ação antiinflamatória e antioxidante. Já na parte fofinha e branquinha da pipoca contém o amido resistente, aquele tipo de fibra que também é presente na banana verde, e que tem inúmeros benefícios à saúde. O consumo de amido resistente tem sido associado à melhora de absorção de nutrientes no organismo, à diminuição do risco de câncer no intestino, e no controle de açúcar e colesterol no sangue.

Não acho interessante as vendidas no cinema, elas em geral contém muita gordura e sal, e nem as versões de microondas, mesmo as light. Um estudo da Universidade de Minnesota (EUA) sugere que o aromatizante que dá o sabor artificial de manteiga à pipoca de microondas, chamada DIACETIL,  pode aumentar o risco da doença de Alzheimer. Boa notícia é que os fabricantes de pipoca de microondas estão retirando o diacetil dos produtos!

Minha dica é: prepare você sua pipoca! Seja na pipoqueira que você faz sem óleo, ou com pouco óleo ou manteiga, ou com óleo de coco, e pouco ou nada de sal. Se desejar, a gordura pode até ficar de fora da receita: é só colocar uma porção de milho em um saquinho como aqueles para pão e vedá-lo na ponta. Depois, deixe por alguns minutos no microondas.

Costumo sugerir a meus clientes que se façam pipoca sem óleo, como essa de microondas, ou que façam no óleo de coco ou pouca manteiga, e não adicionem sal, ou usem muito pouco. Salpicar pimenta do reino, açafrão em pó, e ervas de Provence desidratadas deixa a pipoca bem gostosa!

Consulte sempre seu Nutricionista!

Comentários

2 comentários

Boa noite ! Isso quer dizer que o amido contido na pipoca não é absorvido ou apenas parte dele ? Utilizo a banana verde como AR, mas confesso minha tara por pipoca, que costumo consumir em minhas refeições off. Rica em fibras e rica em carbos, ok? Mas se esse amido não é digerível, não contabilizo seus carbos? Ansiosa pela resposta ! Obrigada!
Olá Aline! Uma parte da pipoca realmente é amido resistente, mas não toda ela. Portanto, vale a pena não abusar, mas sem medo de inclui-la em uma dieta balanceada, claro.
Obrigada por sua participação no site. Volte sempre.
Abc
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.





Memorizar dados