Duplas nutricionais do bem

17 Set 2012

Combinações de alimentos são bem vindas quando ajudam nos ajudam na absorção de nutrientes, ajudando a melhorar a Nutrição corporal. Aprenda como e porquê combinar algumas coisas.

Arroz com feijão: ambos fornecem os aminoácidos que auxiliam nosso corpo a formar suas próprias proteínas (músculos, pele, cabelos, unhas, ossos, cicatrização). Tudo isso porque os aminoácidos deficientes no feijão são justamente os que estão presentes no arroz. O arroz é pobre no aminoácido lisina, presente no feijão. Este por sua vez, falta o aminoácido essencial metionina, abundante no arroz. Por este motivo, a mescla proteica, resultante de um prato de arroz e feijão, apresenta um valor biológico proteico muito bom! Salve a base do prato brasileiro.

Acafrão da Terra e pimenta do reino: o primeiro é rico em curcumina, poderoso antioxidante com comprovado efeitos benéficos no organismo, incluindo ajudar no controle de ganho de peso e ajudar a queimar gordurinhas. Pimenta do reino contem piperina, substancia que ajuda a aumentar o metabolismo e aumenta absorção da curcumina. Por isso, muitas vezes associados curcumina com piperina em formulas farmacêuticas, mas salpicar ambos em ovos mexidos e arroz/quinua cozidos lhe trará mais saúde e quem sabe, gordurinhas a menos na barriga!

Lentilha e suco de limão: Especialmente se você não é um grande apreciador de carnes, combinar leguminosas como a lentilha, e adicionar em seu prato (na salada, por exemplo), limão espremido, aumentará absorção de ferro de seu prato, evitando anemia. O limão é uma fruta rica em vitamina C, que além de aumentar absorção do ferro pelo intestino, ainda ajuda na imunidade e na digestão.

Água de coco e gengibre: combata enxaquecas tomando água de coco com gengibre (que pode ser raiz ou o pó mesmo). Além de super refrescante, o magnésio presente na água ajuda a acalmar a mente, um dos causadores das enxaquecas. Se for tensional então: bingo! O magnésio é um excelente relaxante muscular. A raiz de gengibre é rico em gingerol, substância que combate processo inflamatório, e consequentemente, a dor.

 

Comentários

Ainda não há comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.





Memorizar dados