Mary & Max – uma amizade diferente

27 Dez 2010

Amei essa animação esse filme com personagens solitários de massinha, cujas vidas se cruzam pelo maior dos acasos: uma página aleatória aberta em uma lista telefônica.

Motivada por uma dúvida infantil, você também já se perguntou um dia de onde vem os bebês, certo? a australiana Mary Daisy Dinkle, 8 anos, decide escrever ao nova-iorquino Max Jerry Horowitz, 44 anos. Junto às cartas, docinhos sempre eram enviados, como barras de chocolate!

Ela é gordinha, desajeitada e muito curiosa. Sua mãe é uma alcoólatra depressiva e seu pai trabalha numa fábrica de pregar cordões nos saquinhos de chá. Ele é um senhor obeso que sofre da Síndrome de Asperger, recluso em sua casa, seus pensamentos lógicos e seu vício em cachorro quente de chocolate. Nossa, quando vi desacreditei!!! Me lembrou uma amiga de infância, que comia fritas com sorvete.

O envio de cartas transcorre por mais de uma década, cheio de pensamentos filosóficos. Vale a pena assistir e dar risadas!

Comentários

Ainda não há comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.





Memorizar dados