Gelatina industrializada faz bem à pele?

06 Mar 2010

Muitas pessoas passam em consulta comigo comentando que consomem gelatina com freqüência, e que além de ser saborosa e prática, contém colágeno, que teoricamente ajudaria na saúde de pele, unhas e cabelos.

Mas todos se assustam quando costumo eliminar esse produto da dieta! A gelatina contém uma quantidade enorme de xenobióticos presentes em alimentos industrializados, entre os quais estão os adoçantes artificiais, corantes (você já olhou bem as cores daquilo!) e conservantes. Ainda, há diversas opções que são riquíssimas em açúcar!

Já é bem documentado na literatura a capacidade dos xenobióticos de se alojarem em células do tecido adiposo, a gordura e o caráter metabólico deste tecido em produzir células inflamatórias, levando a inflamação e favorecendo o desenvolvimento da obesidade. Sem falar no potencial dos adoçantes artificiais de aumentar o número de receptores intestinais de glicose, favorecendo a maior absorção do nutriente e o surgimento da gordura abdominal e obesidade.

Sendo assim, opções mais saudáveis são as gelatinas de origem vegetal, extraídas de algas, como as feitas com agar-agar, incolor e sem sabor, para serem misturadas a sucos de frutas naturais e até em chás!

Além disso, a quantidade de colágeno em si dessas gelatinas de pacotinho é pequena. Há outras maneiras de se obter isso através de suplementação e nutrição balanceada orientada individualmente por seu Nutricionista.

E quanto a ser gelatina diet? Não se iluda! Não se foque tanto em valor calóricos dos produtos! O teor tóxico de alguns produtos alimentícios, mesmo que reduzidos ou isentos de calorias, pode favorecer mais o acúmulo de gordura que o valor calórico elevado de outros alimentos, que contêm propriedades nutricionais importantes como antiinflamatórias e antioxidantes, veja exemplo das oleaginosas: calóricas sim, mas saudáveis demais e que ajudam no equilíbrio metabólico e até queima de gordura.

Comentários

Ainda não há comentários.

O envio de comentários está fechado.