Vantagens do uso de algumas ervas e condimentos

17 Jun 2010

Adotando ervas e temperos para incrementar seus pratos e bebidas, você sai ganhando em sabor e ainda tem diversos benefícios à saúde! Converse com sua Nutricionista e saiba como incluí-las mais em seu dia a dia, além dos famosos chás.

Não é por ser erva e condimento que também é isento de contra-indicação em alguns casos, por isso, um bate papo com a Nutricionista prescritora é sempre importante, ok?

  • Açafrão: além dos poderes antioxidantes e antiinflamatórios, algumas pesquisas comprovam a importância do tempero na prevenção de males degenerativos, como Alzheimer e Parkinson.
  • Alecrim: eficiente para aliviar problemas respiratórios.
  • Anis: ajuda quem sofre de insônia, má digestão e gases.
  • Baunilha: usada em favas inteiras, pó ou essência, é um ótimo estimulante.
  • Canela: auxilia no controle da pressão sanguínea e glicemia, na prevenção da osteoporose, alivio dos sintomas da menopausa.
  • Cardomomo: age como antioxidantes, diurético e laxante. Experimente esse molho para salada com cardamono!
  • Cominho: a principal indicação é para tratar males do estômago.
  • Cravo: protege contra o colesterol e ajuda a impedir o aparecimento da osteoporose e da aterosclerose. Também combate doenças da gengiva e dos dentes, desde mau hálito até infecções.
  • Curry: composto por um mix de ingredientes (pimenta, canela, erva-doce e coentro entre outros) moídos e misturados, suas propriedades são antioxidantes, antiinflamatórias e estimulantes do sistema imunológico.
  • Estragão: o chá desta erva é excelente para amenizar cólicas menstruais e problemas gástricos.
  • Gengibre: tem efeitos poderosos sobre o sistema digestivo, aliviando náuseas e dores no estomago. Possui ainda ação antioxidante, antiinflamatória e ajuda a tratar doenças respiratórias. Surpreenda os amigos com esse molho para salada com gengibre!
  • Noz-moscada: a parte utilizada é a semente, que pode ser comprada inteira ou já transformada em pó. É estimulante, digestiva e, alguns estudiosos dizem , afrodisíaca.
  • Orégano: a planta apresenta ação digestiva e antibiótica.
  • Pimenta: todos os tipos têm função antioxidante. A pimenta do reino por exemplo, auxilia no combate aos problemas de garganta, enquanto a vermelha faz bem à circulação sanguínea. Os mais sensíveis (como os que sofrem de dores de estômago e gastrite) devem consumir com cautela e sempre sob orientação de um nutricionista. A vermelha também tem poderes termogênicos.
  • Tomilho: na forma de chá, é indicado para tratar gripe, resfriado, bronquite e infecções na garganta.

Comentários

Ainda não há comentários.

O envio de comentários está fechado.